/ R. Funchal

/ Ano: 2015

/ Área: 140m2

/ Fotografia: Francisco Gomes

A intervenção teve como objectivo a recuperação de um apartamento, com carácter de primeira habitação, para uma jovem advogada. O edifício, construído nos anos 50, situa-se na Rua do Funchal, onde predominam construções desta época.

O projecto visou adaptar a estrutura existente, com alteração da tipologia. O apartamento ficou, assim, a dispor de menos um quarto, uma vez que um dos existentes, sendo interior, foi transformado num amplo closet que serve o quarto principal, recuperando-se as portas existentes entre os dois. Procurou-se, por outro lado, conferir qualidade espacial ao eixo principal de circulação, muito marcado, através da substituição das portas existentes, por pivotantes, que se dissipam e, ora abrem os espaços que acolhem ora os fecham, funcionando como prolongamento dos dois planos que marcam o corredor. A sua longitudinalidade foi acentuada por seis focos de iluminação, colocados paralelamente. Na sala optou-se por criar duas peças que definem o espaço, uma lareira e uma estante que, pelo seu desenho, contém inúmeras possibilidades de uso, libertando a restante área.

O acesso é feito por uma porta de correr que, ou fecha a sala, deixando a descoberto um bengaleiro, ou o fecha e abre a sala para o corredor.

A iluminação constiuiu-se como um ponto essencial na estratégia de projecto, privilegiando-se a iluminação indirecta nos tectos falsos e espelho e, a colocação de iluminação directa nos planos aos quais se pretendia dar enfâse.